Será que sentes falta dos nossos momentos, sinceramente não sei se posso chamar de momentos.

Já imaginas-te como podíamos estar?

Sinceramente gostava de poder ler o teu pensamento para saber aquilo que foi para ti, mas tenho medo de ler, pode não ser o que pretendia ler, mas penso que não estou errado em relação ao que pensas de mim. Talvez os nossos pensamentos sejam os mesmos mas simplesmente não queremos saber deles…

Não me lembro qual foi o motivo do afastamento, talvez não tenha sido um só motivo mas sim vários. Enfim, muitas são as minhas dúvidas que nunca lás vou esclarecer, mas talvez seja melhor assim.

Se fosse para ser o destino mais tarde ou mais cedo vai nós juntar, porque a nossa vida já foi escrita por alguém e só esse alguém sabe como vai ser e como vamos viver. Espero que vivas com a maior felicidade do mundo e com quem mais ames, pois sem felicidade não somos ninguém.

Marco Machado