Os dias vão passando e cada vez menos sou motivo de orgulho para alguém, será que algum dia o foi? Provavelmente nunca o foi, cada vez mais a vida parece estar quebrando aos pedaços, pedaços esses cada vez maiores que o meu próprio corpo.

Gostava de ser motivo de orgulho para alguém, nem mesmo para os meus familiares o sou, a escuridão que passei parece se voltar a aproximar, espero que nunca mais volte a aparecer, espero que um dia leias os meus textos e saibas o quanto lutei por ti e luto, se partisse agora, será que irias chorar por alguém que não te significou nada? Não passaram de mensagens carinhosas, de afetos trocados que hoje estão em vão.

Nunca foi motivo de orgulho e de sorrisos para alguém, um dia irei fazer o bem para a humanidade e todos os que me rebaixam irão vir pedir desculpa, eu sei disso, temo que esse dia seja tarde e que já não esteja aqui podendo desabafar, podendo sorrir, com este sorriso que tu tanto amaste, mas uma coisa te prometo que nunca me esquecerei de o bem que me fizeste e que eu fiz para todos.

Marco Machado